Arquivo para novembro, 2010

Quem disse que a tecnologia mataria os livros?

Posted in Outros on 25/11/2010 by thaiscordeiro

E se seus melhores momentos no Facebook pudessem ser eternizados em forma de livro?

No início deste mês a empresa de telefonia francesa Boygues lançou uma campanha para divulgar sua página na rede social, os 1000 usuários que curtissem a página ganhariam um livro impresso com seus momentos na rede. Os usuários selecionados escolhiam 10 amigos do Facebook com quem se relacionavam e esperavam um período de tempo para que o conteúdo fosse agrupado e o livro impresso.

No mesmo período uma empresa americana lançou um serviço que transforma os posts publicados na rede social em livros no formato PDF, que podem ser guardados, compartilhados e impressos quando o comprador quiser. O Ninuku Archivist pode ter anotações privadas dos usuários para que eles possam lembrar o que determinada publicação significava.  Assim o usuário do Facebook simplesmente pode deletar da rede suas antigas publicações, sem que elas se percam. O serviço custa US$ 24 por ano e envia arquivos mensais ao assinante.

 

referencias:

http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI4800459-EI12884,00-Servico+transforma+posts+do+Facebook+em+livro.html

http://www.ninuku.com/

http://updateordie.com/blog/2010/11/19/bouygues-telecom-o-book-do-seu-facebook/

http://sol.sapo.pt/inicio/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=5093

http://info.abril.com.br/noticias/blogs/omg/2010/11/22/e-se-o-seu-facebook-virasse-um-livro/

Anúncios

TV Digital: Um horizonte a ser explorado pela publicidade

Posted in Uncategorized on 04/11/2010 by izyx1988

Com a digitalização do sinal da TV várias possibilidades surgem para diferentes áreas da comunicação. Sob o aspecto publicitário esse recurso permitirá experiências de consumo ainda inexploradas, mas que já despertam interesse dos visionários na área.

A ideia é de que haja vídeos publicitários interativos, que acoplados ao fluxo e áudio do comercial de TV, enquanto a pessoa assiste a sua programação poderá por meio de um software que irá gerar um aplicativo obter maiores informações e detalhes a respeito do produto. Seja modelo, marca ou até mesmo a loja onde este foi adquirido. E toda compra poderá ser realizada por meio de simples “toques” (não mais cliques) do controle remoto.


Anúncio em mídia impressa (feito pela Agência Sic) ilustrando a fidelidade à realidade e a possibilidade de interação permitida pela TV Digital.

O público é chamado de teleusuário e poderá ter acesso a todo conteúdo multimídia por meio do controle remoto.

Toda essa novidade marca um novo paradigma da publicidade inaugurado pela TV digital, pois para ele será necessário que se repense toda linguagem e conceitos publicitários para que se adaptem a essa novidade.

Vale lembrar que há constatação nítida da rejeição aos formatos atuais de comercial e, principalmente, merchandising. Embora haja previsão de crescimento da internet, há retração da TV como mídia essencial. Logo, as agências digitais estão em alta, o que significa que os grupos de comunicação tradicionais precisam se reposicionar.

O novo “mídia” deverá ser um indivíduo transmídia capaz de se antecipar ao inusitado a ao que ainda não foi explorado. Deverá também ser um criativo para explorar todos os recursos midiáticos viabilizados pela interatividade

Existem referências de publicidade interativa em TVs da Europa tais como: “Broadband Bananas” (www.broadbandbananas.com) – onde o grande exemplo é o da “Domino’s Pizza”, com uma aplicação que integra publicidade e comércio de produtos alimentícios.

Referência:
http://www.via.multimidia.nom.br